Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Most recent articles

O Jogo da Imitação (The Imitation Game) – 2014

Posted by on mar 29, 2015 in Filmes e Séries | 0 comments

The Imitation Game não teve tanta repercussão como eu gostaria que tivesse aqui no Brasil, pelo menos ao meu ver. Ganhou o Oscar de Melhor Roteiro Adaptado, e foi indicado ao Melhor Filme, Melhor Ator, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Trilha Sonora adaptada, Melhor Direção de Arte, e por aí vai.

the_imitation_game_a_p

Com Benedict Cumberbatch (oi, Sherlock!) interpretando maravilhosamente bem Alan Turing – o matématico inglês e o pai da ciência da computação – ,Keira Knightley (como Joan Clarke), Matthew Goode (como Hugh Alexander), entre outros, O Jogo da Imitação me surpreendeu. Meu motivo principal para ir assistir o filme foi claro: é o Benedict. Mas ao sair da sala do cinema, estava encantada. Não que seja um filme feliz, pelo contrário (acho que até chorei), é lindo, e triste. Não me arrependi por um segundo sequer.

Um filme que me inspirou. Turing nunca desistiu de seus sonhos. De suas capacidades. Não ligou para o que os outros pensavam, apenas continuou seu – maravilhoso – trabalho. Talvez uma palavra para resumir seria esperança. Determinação…

O filme é uma biografia de Alan Turing, que desenvolveu, aos 24 anos de idade, o que hoje chamados de computador, lá na Segunda Guerra Mundial, enquanto ajudava a decifrar um Enigma (um código, de guerra) que os alemães nazistas detinham. Turing salvou milhares de vidas com seu código durante a Guerra.

Mas Turing era diferente dos outros. Era homossexual. E isso lhe custou processos judiciais, uma vez que um “cientista não poderia ser homossexual” – no qual ele teve que usar remédios para uma “castração” química, que posteriormente o levou ao suicídio. Afinal, os remédios quase o matavam. Mas vamos lembrar, estamos falando de 1940/1950, e não 2015, por favor.

Em 11 de setembro de 2009, 55 anos após sua morte, o primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, seguindo um pedido feito através de uma petição direcionada ao governo britânico, pediu desculpas formais em nome do governo pelo tratamento preconceituoso e desumano dado a Turing, que o levou ao suicídio. Em 24 de Dezembro de 2013, passou a ter efeito a Real Prerrogativa do Perdão, concedida a Turing pela Rainha Elizabeth II a pedido do ministro da justiça do Reino Unido, Chirs Grayling, depois que uma petição criada em 2012 obteve mais de 37.000 assinaturas solicitando o devido perdão

 

Vocês assistiram o filme? O que acharam?

Me conta nos comentários!

Se gostou, compartilhe <3

beijo!

Gabi

back on track.

Posted by on mar 7, 2015 in Blog | 0 comments

E aí, galera, tudo bem?

Nossa, como faz tempo que não escrevia nada. Comecei e apaguei esse post inúmeras vezes, nada fluia. Alguns dias depois, aqui estou.

Como vocês perceberam, o blog ficou fora do ar por quase dois meses. E eis o que aconteceu: o servidor/quem hospeda o blog deu problema e eu, simplesmente, perdi todo meu trabalho desenvolvido nos últimos 3 anos e meio. É. Bem isso. (Continuei apenas com o canal do Youtube, com vídeos toda semana, nesse tempo)

Apesar da tristeza em saber que tudo sumiu, estou levando isso de maneira positiva, como uma maneira de fazer com que o blog tenha mais assuntos que condizem com meu “momento” de vida (criei o blog no meio da 8ª série e agora já estou na faculdade, então, são outros momentos e vou aproveitar para atualizar o blog nesse sentido).

Peço desculpas a falta de explicação por aqui, várias de vocês me perguntaram nas redes sociais quando o blog ia voltar, o que tinha acontecido, etc. Procurei responder a todas.

E se você aí é nova/novo por aqui, seja bem vindo! Espero que goste dos novos conteúdos que estão por vir.

Quaisquer perguntas, é só deixar nos comentários, quem sabe eu não respondo em vídeo?

Obrigada pelo apoio,

um beijo,

Gabi

 

Como sempre, vocês podem me acompanhar pelo facebook, instagram, e é claro, pelo Youtube.